Odor do rio Pinheiros, em SP, pode causar enjoo e dor de cabeça

Folha.com – 08/04/2012 – 12h01

Sem conseguir despoluir o rio Pinheiros, o governo de São Paulo decidiu apostar em outra frente: acabar com o cheiro de ovo podre do rio –uma espécie de cartão postal às avessas da cidade.

A informação é da reportagem de Eduardo Geraque e Ricardo Gallo publicada na edição deste domingo da Folha.

O mau cheiro incomoda quem trabalha e vive na vizinhança, uma das áreas mais nobres da capital paulista e alvo do mercado imobiliário.

Onipresente, o fedor chega à marginal Pinheiros, à linha de trem e à ciclovia que beiram o rio e, por exemplo, ao shopping Cidade Jardim. Continuar lendo

Anúncios

Aqui passa um Rio

São Paulo está em uma região rica em bacias hidrográficas, mas seus rios foram encobertos para dar lugar aos carros. Agora, há quem diga que esta realidade deve ser revertida. Até que ponto a ideia de ter os rios correndo pelas cidades é viável?

Revista Quanta – Mar/Abr, 2012

Continuar lendo

Ascensão de um rio…

 A água ajuda a reviver uma cidade industrial acabada

Por David Richardson – 24 de Fevereiro de 2012 [*]

Representação artística do rio na Larkin Plaza, centro de Yonkers, quando a restauração estiver concluída.

Por quase cem anos, a quarta maior cidade de Nova York esteve sobre um rio escondido. O Saw Mill, ou Nepperhan (“pequena água rápida”, seu nome nativo americano original), subiu e desceu com as estações do ano debaixo de um estacionamento lotado no centro de Yonkers. […] Continuar lendo

Enterrados vivos: a saga dos rios de Pinheiros

São Paulo remete ao caos. Por trás desta realidade urbana, existe uma natureza, doente, mas viva. Ou melhor, por baixo desta realidade, já que a metrópole é uma verdadeira laje construída sobre uma imensa bacia hidrográfica…

Mercado Ético – 30/11/2011

Continuar lendo

Centro de Convenções e Pq. dos Museus – USP – TV Gazeta

A USP está construindo um Centro de Convenções e um Parque dos Museus na Cidade Universitária. O corte de milhares de árvores e a ameaça às nascentes do Riacho San Remo pela obra causa a reação de cidadãos…

Jornal da Gazeta, repórter Sabrina Pires, 05/10/2011.

Expedição ao Vale do Alto Córrego do Moinho

Levantamento com técnicos da Peabiru TCA e expedição com os futuros moradores do Residencial Parque Estela

Bairro Pimentas, Guarulhos/SP – 12 e 18/09/2011

Veja as fotos do álbum clicando abaixo.

De Expedição ao Vale do Alto Córrego do Moinho

Rios ocultos cruzam Pompeia e Vila Madalena

Córregos passam por baixo de vielas e importantes vias da Zona Oeste sem ser notados pelos moradores. Grupos realizam expedições urbanas em busca de seus vestígios…

Diário de SP – 11/09/2011

Continuar lendo