A cinza e árida SP ‘esconde’ a história de 300 cursos de rios

13075410Folha de São Paulo – Cotidiano 17/03/2013 | “Vamos contar a história de um rio que tem nome de pássaro: o Saracura. Ele nasce escondido, atrás da avenida Paulista, e escorre pela avenida Nove de Julho, depois segue pelo vale do Anhangabaú, até chegar ao rio Tamanduateí…” | matéria de Amanda Kamanchek e fotos de Moacyr Lopes Jr.

 

Anúncios

Sobre Rios e Ruas

Promover o reconhecimento e a exploração in loco das cidades redescobrindo a natureza de rios soterrados por ruas e construções contribuindo assim para despertar em jovens e adultos uma compreensão afetiva sobre o uso do espaço urbano.

Um pensamento sobre “A cinza e árida SP ‘esconde’ a história de 300 cursos de rios

  1. Fico pensando no histórico riacho do Ipiranga, onde D. Pedro I bradou o ‘grito do Ipiranga’ Foi sepultado pelo concreto e asfalto. É possível reconstituí-lo conforme retratado no quadro de Victor Meireles?

Seu comentário é bem vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s